quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Situações de Ônibus



Para quem anda no bom e velho ônibus (às vezes tão lotado que até o motorista vai em pé) com certeza já viu alguma dessas situações:

- Parada: Quando perde o ônibus e olha com cara de c* para a pessoa mais próxima (a pessoa faz cara de: "coitado", mas pensa: "Iei! Se Lascou!")
- Dar lugar para os velhinhos: Momentos de espera mas nunca dá certo, você mesmo vai ter que levantar (e ainda tem aquelas pessoas que tentam sentar no lugar dos velhinhos...)
- Dormir e perder a parada: Acorda todo babado com outra pessoa ao seu lado
- Menino que vomita: Todo mundo sincronizando o movimento do ônibus e o caminho do vômito
- Velho Bêbado: Faz a maioria rir e as senhoras reclamarem
- Gordinha Indecisa: Fica no meio da passagem, sabe que está atrapalhando, não sabe se vai pra frente ou pra trás e faz muita gente perder a parada.

9 comentários:

Wagner Noronha disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

é muito verdade!!!

Andrea Jonsson disse...

essa da cara de c* foi muito boa... é assim mesmo kkkkkk

CIA disse...

uahsuhsuahs


Velho Bêbado: Faz a maioria rir e as senhoras reclamarem

Boaaaa....^^

flw

calango azedo disse...

ahh veia comendo tanguerina tambem eh um classico

Ellen Regina - facetasdemim disse...

pior é que é assim mesmo, srsr.

bones disse...

o transporte publico como um todo é um caos.
o melhor é levar mesmo no bom humor quando vc tem que utilizar esses transportes porque a solução só vai aparecer quando os politicos forem obrigados a usá-los.

Lucas disse...

AUHeuahieuhaieuae...

Foda também.. é quando você dá sinal pro ônibus e ele passa direto!
haeiuhaiuhauehea

Todo mundo fica te olhando e vocÊ com cara de CU*!!

Maldita cachaaça....
Mas temos foto no MANÉL!!!

tanGUErina??/
huheauheiuhaiuehauie

andre luis leite disse...

voces esqueceram de falar das cochadas...eu cocho uma e dez me cocham...a arte de cochar no onibus deveria ser mais analisada. tem muita linha que da até para ter um orgasmo tamanho o cocha/cocha,

politinagem disse...

Em tempos de individualidade, a coletividade nunca esteve tão em alta. Já peguei ônibus tão lotado que o velhinho que eu dei o lugar para sentar teve que levantar para um homem mais velho ainda.